Santa Gemma Galgani: Deus quer um castigo para expiar os pecados, sobretudo o dos sacerdotes

 Santa Gemma Galgani (1878-1903) foi uma santa estigmatizada.

[negritos nossos]

Deus revela a vinda de uma libertinagem nos costumes cada vez maior, é preciso um castigo segundo a Santa
 

Ela dizia: "São necessárias vitimas para impedir o grande castigo que nos ameaça".
No Pentecostes de 1902, em uma grande visão, o Senhor a mostrou a desgraça da Igreja e de seus servidores. Ele a havia dito em outubro de 1901: "Minha filha, o que de ingratidão e de malicia há no mundo! Os pecadores vivem impenitentes e endurecidos nas suas faltas. Meu Pai não pode suporta-los mais. As almas vis e débeis não fazem nenhum esforço para dominar a carne, as almas afligidas se desconcertam e desesperam; as almas fervorosas se entibecem cada vez mais; os servidores de Meu Santuário...; a indiferença cresce dia a dia e nada se corrige".

  
Deus quer um castigo para expiar os sacrilégios

Em maio do mesmo ano Gemma foi absorta em êxtase e o Senhor a disse: "Eu tenho
necessidade de uma grande expiação, sobre tudo pelos pecados e sacrilégios com os quais me ultrajam os Ministros de Meu Santuário. Não fossem os anjos que rodeiam Meu altar, quantos Eu teria já aniquilado".


(SÁNCHEZ, Benjamín, Les Derniers Temps, Prophéties Publiques et Privées, Diffusion de la Pensée Française, Chiré en Montreuil, 1976, págs. 86-87).