São Domingos Sávio e São João Maria Vianney falam da conversão da Inglaterra

Negritos nossos.

-São Domingos Sávio contado por São João Bosco

 
"Falava (São Domingos Sávio) muito frequentemente do Romano Pontífice, demonstrando como era grande seu desejo de poder vê-lo antes de morrer, e afirmando repetidas vezes que tinha coisas de grande importância para lhe comunicar.
Como repetisse com frequência essas palavras, perguntei-lhe o que tinha de tão importante para dizer ao Papa.

-Se pudesse falar com o Papa, eu lhe diria que, em meio das grandes tribulações que o aguardam, não deixe de trabalhar com particular solicitude pela Inglaterra. Deus prepara um grande triunfo para o catolicismo naquele reino.
-Em que te baseias tu para dizê-lo ?
-Vou dizer, mas não quereria que o senhor falasse isso a outras pessoas, porque me exporia talvez a que se rissem de mim. Contudo, se for a Roma, diga-o a Pio IX. Ouça, pois: uma manhã, enquanto fazia ação de graças depois da comunhão, fui tomado por forte distração, e me pareceu ver uma vastíssima planície cheia de gente envolta em densas trevas. Caminhavam, mas como quem perdeu o caminho e não vê onde fixa os pés. - Esta região, disse-me alguém que estava ao meu lado, é a Inglaterra.".

Será um Papa que levará a cabo a conversão da Inglaterra, isto é, o Papa Santo, e assim nenhum Papa dos modernos, pois estão mais preocupados com o ecumenismo


"Ia perguntar outras coisas, quando vi o Pontífice Pio IX, tal como eu o tinha visto em alguns quadros. Vestia-se majestosamente, levando nas mãos um luzeiro esplendoroso, e avançava entre a imensa multidão de pessoas.

À medida que avançava, as trevas desapareciam com o esplendor do luzeiro, e as pessoas ficavam inundadas de tanta luz como em pleno meio-dia. -Esta luz, disse meu amigo, é a Religião católica que deve iluminar a Inglaterra." [1]

-São João Maria Vianney

"O bispo de Birmingham contou num relato publicado recentemente de sua peregrinação a Ars alguns anos antes da morte do santo Cura, e que lhe fez ter esperança na conversão da Inglaterra:

Eu lhe pedi, escreveu o bispo, orações pela Inglaterra (...) Ele me escutou com os olhos semi-abertos, quando subitamente seus olhos abriram-se e fixando-os sobre mim com um olhar luminoso, ele exclamou com uma voz que não esquecerei jamais, como se ele queria fazer-me uma confidência:

'Eu estou certo que a Igreja na Inglaterra recuperará seu antigo esplendor'. "[2]


CLIQUE: Profecias Católicas
----------------------------
Fontes:
[1] Cap.XIX, San Giovani Bosco – Vita del Giovanetto Savio Domenico allievo dell’oratorio di San Francesco di Sales
[2] p. 176, Pe. J.-M. Curique, Voix prophétiques ‒ ou signes, apparitions et prédictions modernes touchant les grands événements de la Chrétienté au XIXème siècle et vers l'approche de la fin des temps”, Paris, Victor Palmé editor, 1872, tomo II, 5ª edição.