Dr.Plinio já profeticamente alertava a ascensão dos comunistas em virtude dos acontecimentos no regime militar


Décadas depois do regime militar, podemos ver quanto no fim aquilo tudo conspirou para o atual vitimismo dos que queriam implantar uma ditadura do proletariado no país, como eles próprios admitem (Vide Vídeo). Terroristas famosos saíram como heróis, e uma terrorista foi eleita presidente da república. A recém-criada "Comissão da verdade", feita para "investigar os crimes da ditadura", inclusive chegou a publicar várias calúnias contra a TFP em relação à época. Incluímos aqui as alegações dela depois de CM (Comissão da mentira), e respondemos com V (verdade).

Dr.Plinio já profeticamente alertava a ascensão dos comunistas em virtude dos acontecimentos no regime militar

CM: "A história das relações entre o Estado brasileiro e a ICAR é elemento fundamental para a compreensão da sociedade brasileira e suas transformações. No que diz respeito ao golpe de Estado que estabeleceu a ditadura militar, a ICAR cumpriu papel insigne para a legitimação ideológica do processo, bem como, e contraditoriamente, atuou em favor da promoção dos direitos humanos, em situações adversas (...) o movimento Sociedade Tradição Família e Propriedade, a presença de bispos integralistas, como o arcebispo de Diamantina (MG) Dom Geraldo de Proença Sigaud, o bispo de Campos (RJ) Dom Antonio Castro Meyer, intelectuais católicos, como Gustavo Corção e Leonildo Tabosa explicam o apoio que antecedeu imediatamente o golpe, bem como o colaboracionismo que existiu após a instalação da ditadura militar" [1].

V: D.Sigaud e D.Mayer (e não Meyer, segundo a comissão de analfabetos) eram ligados unicamente a TFP, e foram sagrados Bispos por Pio XII por causa do apoio ao livro de Dr.Plinio em 1943, admirado por este Papa. Ambos e também Dr.Plinio não eram integralistas. 

E já desde o começo do regime militar a TFP denunciou o "Janguismo sem Jango", repudiou os divorcistas, e outras coisas péssimas que ocorreram no Regime Militar. A atuação da entidade no período, nada "colaboracionista", está bem documentada desde 1988 [2]. Ora, em livro no ano de 1976, Dr.Plinio já dizia que os acontecimentos do regime militar abririam caminho para a ascensão dos comunistas, o que mostra o verdadeiro pensamento da TFP sobre aquele tempo.

Descrita toda a tática comunista durante e depois do Regime

"8 . Derrotado, o comunismo contra-ataca

Para alcançar suas metas, importava entretanto aos dirigentes da subversão comunista no
Brasil realizar múltiplas tarefas que podem ser agrupadas em dois itens distintos:

a ) desobstruir o terreno de todos os maus efeitos resultantes da derrocada do janguismo;
b ) prosseguir na expansão do comunismo em toda a medida do que fosse possível dentro
das novas circunstâncias.

Em cada grupo de tarefas, há por sua vez, ações específicas a considerar:
Desobstrução do terreno: (...) Importava e importa pois à subversão – e nos mais alto grau – difamar e até caluniar as leis e os organismos de repressão, com o intuito de chegar a, por fim, demoli-los".

Construir falsas-direitas e centristas contra o regime: até hoje é o que acontece

"Não se trata aí, para os comunistas, de promover esta obra de difamação e calúnia tão somente nos meios esquerdistas, naturalmente já ganhos para a causa. 

Trata-se, isto sim, de criar no País inteiro, inclusive nos próprios meios centristas cuja coligação fora um dos fatores básicos da vitória de 64, um clima em virtude do qual a repressão chegasse a ser incompreendida, e, por fim, mal vista. Uma aliança do centro descontente com as esquerdas poderia dessa forma abrir caminho para a desejada destruição – ou inutilização – dos instrumentos repressivos. E para o que se lhe seguisse".

Para todos parecia derrotado o comunismo, mas não para o profeta Dr.Plinio, e também não para os próprios comunistas mais entrosados

"A vitória de 64 deixou a nu a artificialidade do perigo comunista no Brasil (...). O destroçamento espetacular desse perigo criou nos ambientes centristas a perigosa ilusão de que o perigo jamais voltaria (...). A prosperidade resultante da Revolução de 64 acentuou ainda mais o clima de falsa estabilidade que acabamos de descrever (...). 

Pense-se o que se pensar da serpentina declaração de Luís Carlos Prestes, em Berlim, em fevereiro deste ano, o menos que pode dela dizer o mais tímido e cauto dos comentaristas, é que ela confessa a existência de uma infiltração comunista na vida política, com o plano de atrair os elementos centristas para a destruição virtual do mecanismo de repressão à subversão"
 [3]. 

“A luta política das forças progressistas, para a restauração dos direitos democráticos e da liberdade no Brasil aumentou nos últimos anos”. Com isso, segundo ele, melhoraram as possibilidades de organizar-se uma “frente patriótica e antifascista, como quer o Partido Comunista Brasileiro”(apud “Folha de S. Paulo”, 15-2-76) [4].

Clique aqui para ver mais sobre Plinio Corrêa de Oliveira e suas profecias

----------------------------------
Fontes:
[1] Relatório Final da Comissão da Verdade, Volume II, Pgs.153-154
[2] Um Homem, uma obra, uma Gesta, homenagem das TFP's a Plinio Corrêa de Oliveira, 1988, Cap.II, 1964-70. http://www.pliniocorreadeoliveira.info/Gesta_0102.htm#.VIzQS3u9zIU
[3] A Igreja ante a escalada da ameaça comunista – apelo aos Bispos Silenciosos, 1976, Cap.8.
[4] Idem, Nota 36