Dr.Plinio percebe infestação demoníaca em sede da TFP tomada por futuros traidores

Não citamos nomes aqui por motivos variados, nem nos responsabilizamos pela interpretação do nome a partir da inicial dada aos citados neste artigo, não confirmando nem negando qualquer palpite de outros. 

Dr.Plinio sempre teve um grande discernimento dos espíritos. Neste caso em particular, ele percebe a infestação que havia no Êremo de São Bento, o qual em grande parte foi constituído por pessoas que após a morte de Dr.Plinio traíram a causa da TFP, viraram progressistas, seguindo a mentalidade do sr.JS. Esta conversa é desse mesmo sr.JS com eremitas de São Bento e Praesto Sum, realizada no Êremo de São Bento no dia 1 de Abril de 1996. Nela admite-se o problema da infestação.

"[O Sr. Dr. Plinio] fez aqui uma reunião com os franceses um dia de manhã. Terminada a reunião, depois do almoço, ele foi para a sesta e me chamou. Eu estava deitado no quarto porque não participei da reunião. Ele disse:


- Eu fiz uma reunião com os franceses agora nesse salão e eu vi inúmeras vezes entrar e sair demônio pelas janelas. Não haveria um meio -- porque eu vou continuar a reunião com eles à tarde -- de você esborrifar, mas em quantidade, de água benta o salão? (...) Não, não é amuleto, são demônios que têm um poder sobre a sala, que entram e saem da sala por alguma razão qualquer, mas não é amuleto.


(...) Então eu falei com o Sr. J, o Sr. J trouxe o Pe. G, o Pe. G pegou o Santíssimo aí e limpou o prédio.


Quando o Sr. Dr. Plinio chegou, ele subiu aqui no salão para o jantar, porque ele veio jantar aqui, eu estava a sós com ele e disse:


- Sr. Dr. Plinio, foi feito isto assim e assim. Quero saber o que é que o senhor acha.
- Já quando eu desci do automóvel lá embaixo eu notei que o prédio estava limpo.


Tinha havido uma Reunião de Recortes aqui, porque ele estava gripado. Ele fez a Reunião de Recortes ali e foi uma Reunião de Recortes que não pegou, péssima. Ele ficou horrorizado, fez toda a espécie de críticas e comentários, e houve gente que veio para cá com ódio e com inveja (...).

(Sr.A: Nos retiros também, que o senhor...)

Que eu mandava jogar água benta antes, porque os demônios vinham atrapalhar".


Clique aqui para ver mais sobre Plinio Corrêa de Oliveira e suas profecias