Papa Francisco convenceu treinador da seleção italiana a não fazer o sinal da cruz em campo



Francisco convenceu o ex-jogador e atual treinador da seleção italiana Roberto Mancini, 57, a não fazer mais o sinal da cruz no campo de futebol, disse Mancini ao canal TG5 (20 de dezembro).

Mancini disse ao TG5 ser Católico desde sempre e de ter sido agraciado de crescer perto de uma paróquia: "A minha vida era escola, casa e oratório".


Respondendo se reza em campo [Le capita di pregare in campo?] Mancini respondeu logo: "Não, não em campo de futebol".

"Muitos fazem o sinal da cruz", disse a jornalista levemente surpresa. Assim, Mancini se explicou:

"Também eu o fazia, especialmente esperando que não sucedesse nada durante partida, depois estivemos com o Papa (risos). O Papa Francisco disse, por que faz o sinal da cruz, não tem outra coisa a pensar neste momento? Depois disso não faço mais. Não quero que o Papa fique zangado." [1]


Oração em reparação

Maria, Co-Redentora, rogai por nós! (7x)

Maria, Medianeira de todas as graças, rogai por nós! (7x)

Veja mais sobre a crise na Igreja:

Papa Francisco admite bispos comunistas indicados pelo Partido Comunista Chinês. Cardeal Zen chamou acordo de traição

João Paulo II homenageia o herege blâsfemo Martinho Lutero nos quinhentos anos de seu nascimento

Bento XVI diz amar a Igreja cismática, lamenta as excomunhões do passado, e diz crescer na unidade ao rezar junto deles e hereges 

João Paulo II celebra missa com homens e mulheres nus (índios), que ajudam a ler a epístola e a levar as oferendas  

Papa Francisco chamou a Rainha dos Céus de moça normal, uma "moça de hoje"

Clique para entender a crise na Igreja


-----------------------------
[1] Notícia e artigo: https://gloria.tv/post/JUY4g7TBWRcL1eXgork4cgv62