Beata Taigi prevê um Papa Santo que tirará a Igreja da crise para o Reino de Maria, depois dos três dias de escuridão

O corpo Beata Anna Maria Taigi encontra-se incorrupto hoje na Igreja de San Crisogono in Trastevere em Roma.

Ela conseguiu prever muitas coisas, que ela via pelo sol místico em geral. Falando da vinda de um Papa, o que o autor do livro citado toma como Pio IX, o que já não podemos considerar, porque seu pontificado não cumpriu tudo o que foi dito, segundo esperado pelo autor (o livro foi escrito ainda não havia acabado o glorioso pontificado do beato Pio IX).

Cremos tratar-se de outro Papa, chamado de "o papa santo" segundo muitas profecias.

Esse testemunho foi dado ao Msgr. Luquet, no seu livro sobre a Beata, pelo Mgr. Natali, que conviveu e anotou grande parte das particularidades conhecidas de Anna Maria Taigi.
[negritos nossos]

Virá de uma terra muito distante

"O padre perguntou se ele estava dentre os cardeais, ela respondeu que ele não estava, mas que era um humilde padre não naquele tempos nos estados pontifícios, mas numa terra muito distante.

Eleito extraordinariamente, fará reformas, se o povo não aceitar, sofrerão castigos

Anna Maria disse que ele seria eleito de uma maneira extraordinária, que ele iria introduzir reformas que, se os homens forem gratos a elas, o Senhor irá encher eles de graças, mas se, eles não acatarem, o braço Todo-Poderoso Dele iria infringir pesados castigos neles.

Com ele a Igreja sairá da tempestade

Ela disse que essse Pontífice, escolhido de acordo com o coração de Deus, seria assistido por Ele com luzes muito especiais, que o seu nome seria conhecido por todo o mundo, e aplaudido pelo povo (...)

Ela dizia que ele será o pontífice destinado a segurar a tempestade na qual estaria a barca de Pedro, que o braço de Deus o iria sustentar, e o defender contra os ímpios, que seriam humilhados e confundidos, que no fim ele teria o dom dos milagres, e a Igreja, depois de tão dolorosas aflições, obteria tão grande triunfo, que o mundo ficaria impressionado" [1].

Três dias de escuridão

"Esse flagelo, ele (Dom Raffaeli Natali, quem ouviu todas as revelações de Anna Maria), contou para muitas pessoas, seria de uma escuridão sobrenatural, na qual iria prevalecer por três dias, durante os quais só velas bentas deveriam dar luz.

(...) nós citamos da Analecta*, que durante muitos dias consecutivos Anna Maria viu o mundo envolto em um densa e terrível escuridão, acompanhada pelo tombamento de muros e vigas, como se um grande edifício estivesse desmoronando em fragmentos "[2].

-------------------------------

Fontes:
The Life of the Venerable Anna Maria Taigi, The Roman Matron (1769-1837), edited by Edward Healy Thompson
O Msgr. Luquet citado é o autor de um livro sobre a Beata
* Supra, p.239. Comp. Analecta Juris Pontificii, vol. iv. part i. p. 717
[1] Cap.XIX, pg.311-313
[2] Cap.XIX, pg.315