Deus revela a Beata Taigi que todos os padres deveriam andar de batina



                    (corpo incorrupto da Beata Taigi 1769-1837)

Muito diferente do que pensam as pessoas comuns sobre como Deus vê os sacerdotes, são as revelações privadas que a Beata Taigi recebeu.

Vale notar a data da revelação, 1817, e pensar a diferença brutal daqueles Padres destes atuais. O leitor atento ainda vê outra coisa: a lamentável atitude daqueles que vivem em rabo de saia de Padre, só por estes preferirem algumas coisas da tradição ou a missa antiga, não serem "progressistas ou modernistas".

O raciocínio "basta ser padre e falar umas coisas da Tradição que eu o tomarei em máxima estima", é análogo ao dos progressistas, "basta ser padre e falar umas coisas que me agrade que eu o tomarei em máxima estima".

A verdade é bem dura, o sacerdote precisa de muito mais. Isso verifica-se nesse artigo:

Santos e a tradição sobre a vocação sacerdotal, o encargo terrível, a necessidade de santificação

Mas voltando lá para 1817...

“Todos os sacerdotes deveriam andar de batina. Considera-se com muita superficialidade o que quer dizer sacerdote. Se eles levassem em consideração o que na realidade é um sacerdote e o que quer dizer sacerdote, viveriam como anjos e não como animais. (...)

“Olha, minha filha, como andavam outrora, e contempla-os, observa-os. Assim Eu andava com todos os meus Apóstolos e discípulos. Olha um pouco agora de que maneira se conduzem em meio ao século.

“Sacerdotes, Prelados, Bispos e Cardeais. Os abusos são grandes, mas hão de acabar logo”.

-------------------------
Fonte:
Blog do Sr.Luis Dufaur
6 de janeiro de 1817, na igreja da Propaganda Fide capela dos Reis Magos, conforme os manuscritos originais do Mons. Natali conservados sob a classificação MS. 337ª no Arquivo de San Carlo alle Quattro Fontane dos padres trinitários de Roma, vol. II, pp. 510-511