Beato Palau prevê uma catástrofe social: a infiltração do demônio na Igreja Católica

Beato Francisco Palau y Quer (1811-1872) foi um padre carmelita exorcista espanhol. Foi um dos primeiros a tentar aumentar o número de exorcistas nas Igrejas. Em 1868 fundou o semanário "El Ermitano", onde iria escrever muitas profecias.
Os negritos são nossos.

Catástrofe social movida pela revolução levará massas inteiras ao inferno, ela já tinha sido profetizada


“Uma horrorosa catástrofe anunciada pelos profetas, por Cristo, pelos Apóstolos e por todos os porta-vozes mais autorizados do catolicismo. A sociedade atual, conduzida em massa pelo poder das trevas e pelo poder político, subiu num trem. Mas os maquinistas a levam para os infernos. A estação de onde saiu chama-se Revolução, a próxima estação chama-se Catástrofe Social.

“Agora o trem circula entre uma estação e outra. Os passageiros não pensam, o Ermitão dá berros fortíssimos: ‘Parem, voltem atrás!’.

“Mas essa voz, que é a própria voz do catolicismo, é sufocada pelo ruído do trem. (...) A tempestade levou a ponte. Era noite e o trem que partiu de Gerona ia em frente. Os viajantes não sabiam do perigo, mas a ponte não estava ali. As trevas escondiam o risco, até chegar no abismo. A locomotora deu um pulo e não tinha asas, faltavam os trilhos, só havia o precipício. Ela caiu, arrastando consigo os carros e os passageiros. E as águas os engoliram.

“Eles não acreditaram no perigo, mas ele existia, era verdadeiro, e a incredulidade não os salvou, mas os perdeu.

“Os maquinistas e condutores do trem para onde vai a sociedade atual estão ébrios, perderam o juízo. Não vedes que não acertam uma?

“Descei enquanto puderdes, e jogai-vos nos braços da Igreja vossa Mãe, e assim vos salvareis" [1]


Satanás comanda os reis e paralisa de dentro da Igreja a reação

“Por causa da corrupção dos costumes [Satanás] se introduziu no Sancta Sanctorum e, enquanto comanda todos os reis e poderes políticos da terra em batalha contra Mim desde o exterior da Cidade Santa, paralisa de dentro a minha ação, entorpece minhas empresas e frustra meus projetos”[2]
 

O diabo entrou no templo sustentado por pseudo-católicos

“Satanás entrou no santuário e o encheu de abominações, sustentado por poderes que se intitulam católicos, e que de dentro do próprio santuário fazem guerra contra nós, uma guerra atroz, a mais perigosa que a Igreja já teve que enfrentar. (...)

“(...) porque ao inimigo convém nos combater a partir de dentro da fortaleza, e por isso ele usa a roupagem e o nome de católico, e com essa fachada se apresenta em certos atos religiosos para fascinar as turbas e criar confusão até no céu” [3]


Previsão da vinda de satanistas e a infiltração deles na Santa Igreja

“Alguns destes homens e mulheres exibem uma virtude religiosa aparente, vão se confessar, ouvem a missa, comungam com frequência, mas o que há com eles? Horror!

“Recolhem as formas eucarísticas, levam-nas para casa e as apresentam em sessões satânicas para serem espezinhadas. Esses são os Judas dentro do próprio santuário, que introduziram os demônios no local onde não tem direito, e encheram o templo de Deus de abominações” [4]
 

--------------------------
Tradução do sr.Luis Dufaur
[1]
"Catástrofe social", El Ermitaño, Nº 40, 5-8-1869
[2]
“Roma vista desde la cima del monte”, El Ermitaño, Nº 58, 9-12-1869
[3] “Campamento de epidemia en Vallcarca”, El Ermitaño, Nº 99, 29-9-1870
[4] “El maleficio”, El Ermitaño, Nº 103, 27-10-1870