Papa Bento XVI em fotos mostra que revolucionou os símbolos, roupas e paramentos Papais

Sabe-se da preferência de Bento XVI por certas roupas deixadas de lado por outros Papas, o que levou muitos a considerar tal Papa um exemplo a ser seguido na questão da indumentária Papal.

A realidade, no entanto, é bem diferente: o Papa nunca se distanciou da questão das vestes no espírito do Concílio Vaticano II, seguindo o mesmo desprezo pelos paramentos antigos de alta simbologia, e incrementando a figura Papal com diversas roupas alheias que nunca se viu na história da Igreja, que é mais que uma autoridade para dizer que o Sumo Pontífice não deve usar tais coisas nem de brincadeira. Mostramos alguns.

- Os chapéus de Bento XVI

 
Tríplice Tiara para mim ? Que nada, traz meu chapéu de mexicano !

-Os paramentos de Bento XVI

Na moda verão...
Destacamos aqui dois aparatos usados pelos Papas antigos com simbolismo em desarmonia com o "pentecostes do Concílio", e por isso deveria ter sido deixado de lado, e o foi. Outros paramentos foram pouco ou não usados por alguns Papas, mas não queremos citá-los por causa que eles poderiam ser restaurados sem romper com a revolução indumentária em curso, isto é, poderia ser restaurado para passar uma impressão de ortodoxia, diferente das roupas notadas aqui, que, pelo simbolismo, necessariamente seria uma afronta ao progressismo que já impera.
A Sede Gestatória (ou sédia gestatória), na figura com Pio XII, é ausente nos Pontificados pós-Conciliares a partir de João Paulo I. Representa a realeza do Papa, e que ele está acima de toda a gente, príncipes da terra ou não, e dali distribui as nções sobre a multidão. Acreditamos que só não foi inutilizado por Paulo VI porque este já havia deposto a Tríplice Tiara, o que já era uma atitude notável, e não poderia chamar mais atenção, pois a revolução progressista na Igreja nunca prosperou a passos largos.

São Pio X com a Tríplice Tiara e o Mantum
A Tríplice Tiara, usada pela última vez por Paulo VI, tendo sido deposta por esse Papa em ato simbólico em pleno Concílio Vaticano II. As três tiaras representam: o Bispo de Roma, o Papa, e o Príncipe dos Estados Pontifícios. Extremamente contra-revolucionária, pois ainda considera seu algo que na prática não é, por causa da revolução que tomou os Estados Pontifícios do Papa. Também simboliza uma realeza única entre todos os Bispos, religiosos e assim se põe acima de todos os príncipes da terra, líderes pagãos e bispos cismáticos. Um paramento nem um pouco ecumênico.

Oração pela restauração dos símbolos gloriosos da Santa Igreja

Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, rogai para a Igreja restaurar os símbolos que exibem sua grandeza, e para que seja proclamado entre as nações a verdadeira fé, e fazei o Corpo de Cristo assim poderoso na terra. Ó cheia de graça Nossa Senhora de Guadalupe, rogai por nós para não vermos vaidade nas coisas terrenas, mas escadas para as coisas do alto. São Pio X, rogai por nós. Amén.

Papa Francisco aparece em foto de mãos dadas com um Padre revolucionário pró-direitos homossexuais. Como entender ?

Papa Francisco celebra matrimônio de casais "vivendo em pecado", segundo o Jornal The Telegraph

Papa Bento XVI refuta em fotos os que o chamam de "mestre da liturgia"

Clique para entender a crise na Igreja