João Paulo II e Paulo VI aprovaram caso de communicatio in sacris ativa, um no CDC, outro por aprovação de documento

Sobre communicatio in sacris ativa, ver nosso artigo:

É lícito receber de a-católicos sacramentos, sacramentais ou ir ao culto deles em algum caso ? Communicatio in Sacris ativa

O Papa polonês o fez ao promulgar o Cân.844, § 2. do novo Código de Direito Canônico que diz que se pode buscar a eucaristia com ministros a-católicos "em cuja Igrejas existam", "se a necessidade ou utilidade espiritual o aconselhar", não especificando o que é essa necessidade ou utilidade, mas indicando que se pode buscar lá nestas igrejas a-católicas, isto é, se pode comungar lá se alguém quiser.

Outro ato do mesmo Papa nesta linha foi a aprovação de um Diretório Ecumênico [1] o qual, apesar de não permitir ecumenismo ou communicatio in sacris ativa diretamente, exalta no primeiro parágrafo um antigo outro diretório, aprovado por Paulo VI, e notório por ter dito que é válido cumprir ocasionalmente o preceito dominical em liturgia a-católica oriental [2].

Alguns canonistas dizem que a inexistência da "permissão" é sinal de que não é mais válida, sendo o Diretório atualizado o válido, no entanto, o Diretório exalta o antigo, não o despreza, e mesmo assim, se mantém a lamentação de que foi um dia "válido" e continua sendo exaltado pelo atual.

Salmo em reparação (Salmo 6)

"Senhor, não me arguas no teu furor, nem me castigues na tua ira. Tem misericórdia de mim, Senhor, porque sou enfermo; sara-me, Senhor, porque meus ossos estremeceram. E a minha alma turbou-se em extremo, mas Tu, Senhor, até quando ? Volta-te, Senhor, e livra a minha alma, e salva-me pela tua misericórdia.

Porque na morte não há quem se lembre de Ti, e na habitação dos mortos, quem Te louvará ? Estou esgotado à força de tanto gemer, lavarei meu leito com lágrimas todas as noites, regarei com elas o lugar do meu descanso. 

Os meus olhos se turbaram por causa do furor, envelheci no meio de todos os meus inimigos. Apartai-vos de mim, todos os que praticais a iniquidade, porque o Senhor ouviu a voz do meu pranto.

O Senhor ouviu a minha súplica, o Senhor ouviu a minha oração. Sejam confundidos, e em extremo conturbados todos os meus inimigos, retirem-se e sejam num momento cobertos de vergonha".

Veja mais sobre a crise na Igreja:

Papa Francisco contra quem tenta converter os outros para a fé católica. Um "novo" conceito de missionário

Bento XVI diz amar a Igreja cismática, lamenta as excomunhões do passado, e diz crescer na unidade ao rezar junto deles e hereges 

Concílio Vaticano II aprovou a liberdade religiosa repudiada pela tradição católica  

João Paulo II celebra missa com homens e mulheres nus (índios), que ajudam a ler a epístola e a levar as oferendas  

Papa Bento XVI refuta em fotos os que o chamam de "mestre da liturgia"

Clique para entender a crise na Igreja

-----------------------------------------------------
[1] Assinado pelo Cardeal Cassidy, 1993. Link: http://www.vatican.va/roman_curia/pontifical_councils/chrstuni/documents/rc_pc_chrstuni_doc_25031993_principles-and-norms-on-ecumenism_en.html
[2] Father Edward McNamara, LC, ROME, 18 March 2014 (ZENIT). Link: http://www.ewtn.com/library/Liturgy/zlitur486.htm