João Paulo II facilitou o casamento misto e educação a-católica dos filhos no novo CDC

Ver também:

Paulo VI facilitou o casamento misto e educação a-católica dos filhos revogando cânones do Direito Canônico

Seguindo o que Paulo VI já havia começado, como comentamos antes, João Paulo II incluiu mais facilidades ao casamento misto e educação a-católica dos filhos no novo Código de Direito Canônico. Vejamos como era a Tradição Católica:

Quando o casamento misto é aceito pelo Ordinário só se casa na Igreja por algum motivo grave [1], e se se casa dentro, nunca é permitido celebrar missa [2]. Disso, a Igreja nunca se apartou, diz um comentário de Dom Chas Augustine, O.S.B, ao CDC-1917, onde cita que o Santo Ofício proibiu até mesmo a missa privada [3]. Era assim para mostrar o descontento da Santa Igreja com tal casamento.

Já o que estabeleceu o CDC-1983 de João Paulo II é diretamente contrário ao que "a Igreja nunca se apartou":

"Cân. 1118
§ 1. O matrimônio entre católicos ou entre uma parte católica e outra não católica mas batizada celebre-se na igreja paroquial; pode celebrar-se noutra igreja ou oratório com licença do Ordinário ou do pároco.
§ 2. O Ordinário do lugar pode permitir que o matrimônio se celebre noutro lugar conveniente.
§ 3. O matrimônio entre uma parte católica e outra não baptizada pode celebrar-se na igreja ou noutro local conveniente. 

Cân. 1119 — Fora do caso de necessidade, na celebração do matrimônio observem-se os ritos prescritos nos livros litúrgicos, aprovados pela Igreja, ou recebidos por costumes legítimos".

Além disso, podemos encontrar a ausência de diversos cânones do CDC antigo nas partes referentes ao casamento misto no novo Código [4], nas quais se desencoraja este matrimônio, mesmo que existisse dispensa. Eram estes:

"Cân. 1062 - O cônjuge católico é atado à obrigação de trabalhar prudentemente para a conversão do cônjuge a-católico.

Cân. 1060 - A Igreja interdita severamente por toda a parte que um casamento seja feito entre duas pessoas batizadas no qual uma é católica, e a outra inscrita em uma seita herética ou cismática; se há perigo de perversão do cônjuge católico e da prole, uma tal união é proibida pela mesma lei divina".

Portanto, sobre o casamento misto no novo CDC, fica somente as precauções do Cân.1125 (que não poderiam faltar para a dispensa), existindo menos firmeza sobre a questão nestas ausências acima, dando a impressão de mesmo não querer a conversão do cônjuge a-católica na ausência de coisa semelhante ao Cân.1062 antigo.

Salmo em reparação (Salmo 6)

"Senhor, não me arguas no teu furor, nem me castigues na tua ira. Tem misericórdia de mim, Senhor, porque sou enfermo; sara-me, Senhor, porque meus ossos estremeceram. E a minha alma turbou-se em extremo, mas Tu, Senhor, até quando ? Volta-te, Senhor, e livra a minha alma, e salva-me pela tua misericórdia.

Porque na morte não há quem se lembre de Ti, e na habitação dos mortos, quem Te louvará? Estou esgotado à força de tanto gemer, lavarei meu leito com lágrimas todas as noites, regarei com elas o lugar do meu descanso. 

Os meus olhos se turbaram por causa do furor, envelheci no meio de todos os meus inimigos. Apartai-vos de mim, todos os que praticais a iniquidade, porque o Senhor ouviu a voz do meu pranto.

O Senhor ouviu a minha súplica, o Senhor ouviu a minha oração. Sejam confundidos, e em extremo conturbados todos os meus inimigos, retirem-se e sejam num momento cobertos de vergonha".

Veja mais sobre a crise na Igreja:

Papa Francisco contra quem tenta converter os outros para a fé católica. Um "novo" conceito de missionário

Bento XVI diz amar a Igreja cismática, lamenta as excomunhões do passado, e diz crescer na unidade ao rezar junto deles e hereges 

João Paulo II homenageia o herege blâsfemo Martinho Lutero nos quinhentos anos de seu nascimento  

João Paulo II celebra missa com homens e mulheres nus (índios), que ajudam a ler a epístola e a levar as oferendas  

Papa Bento XVI refuta em fotos os que o chamam de "mestre da liturgia"

Clique para entender a crise na Igreja

-------------------------------
[1] Cân.1109, §.3
[2] Cân.1102, §.2
[3] A commentary on the new code of canon law, Pe.Chas Augustine, O.S.B, D.D., Book III, Volume V, B.Herder Book CO., Pg.310.
[4] Livro IV, Cap. VI