Bento XVI rezando com hereges e cismáticos e indo ao templo deles (fotos e vídeo)

Acima se vê um vídeo do canal do Vaticano com imagens do Papa Bento XVI rezando descalço na mesquita azul da Turquia, Istambul.

Para ver a doutrina tradicional sobre o tema, e como, principalmente da parte de um pontífice, visitar templos dos infiés e hereges causa escândalo, recomendamos os artigos:

Sagrada Escritura, Papas e Santos contra o ecumenismo ou contra a oração com os hereges e cismáticos

É lícito receber de a-católicos sacramentos, sacramentais ou ir ao culto deles em algum caso ? Communicatio in Sacris ativa


Rezando descalço na mesquita Azul em Istambul

Na sinagoga

Na sinagoga

Na sinagoga

Templo luterano
Rezando com hereges e cismáticos em templo luterano em 2006
Rezando com representantes de várias falsas religiões no Encontro de Assis
No templo luterano
Colocando oração no muro das lamentações dos judeus, onde eles choram a destruição do templo, profetizada por Nosso Senhor Jesus Cristo, Aquele que é o terceiro e verdadeiro templo, e por isso disse que o construiria em três dias. Portanto, o Papa paga tributo ao monumento que despreza o Salvador e Deus, Único que poderia profetizar e falar tais coisas. 

Salmo em reparação (Salmo 6)

"Senhor, não me arguas no teu furor, nem me castigues na tua ira. Tem misericórdia de mim, Senhor, porque sou enfermo; sara-me, Senhor, porque meus ossos estremeceram. E a minha alma turbou-se em extremo, mas Tu, Senhor, até quando ? Volta-te, Senhor, e livra a minha alma, e salva-me pela tua misericórdia.

Porque na morte não há quem se lembre de Ti, e na habitação dos mortos, quem Te louvará ? Estou esgotado à força de tanto gemer, lavarei meu leito com lágrimas todas as noites, regarei com elas o lugar do meu descanso.

Os meus olhos se turbaram por causa do furor, envelheci no meio de todos os meus inimigos. Apartai-vos de mim, todos os que praticais a iniquidade, porque o Senhor ouviu a voz do meu pranto.

O Senhor ouviu a minha súplica, o Senhor ouviu a minha oração. Sejam confundidos, e em extremo conturbados todos os meus inimigos, retirem-se e sejam num momento cobertos de vergonha".

Veja mais sobre a crise na Igreja: