Papa Francisco: na multidão de religiões só há uma certeza: somos todos filhos de Deus, "muitos encontram Deus de muitos modos"

Acima se vê o vídeo mencionado com imagem blâsfema. Antes recomendamos o seguinte artigo para contrastar, e ver a crise na Igreja:

Bíblia, Papas e Santos confirmam: "fora da Igreja não há salvação"

No dia 6 de Janeiro o Papa enviou a seguinte mensagem [1] de aspecto teatral, com outras pessoas falando, em vídeo no canal do youtube do Vaticano, disponível em várias línguas (grifos nossos):

"Papa: A maioria dos habitantes do planeta declara-se crente. 
Isto deveria ser motivo para o diálogo entre as religiões.

Não devemos deixar de rezar por isso e colaborar com quem pensa de modo diferente.

Budista: Confio em Buda.
Judeu: Creio em Deus.
Padre católico: Creio em Jesus Cristo.
Muçulmano: Creio em Deus, Alá.

Papa: Muitos pensam de modo diferente, sentem de modo diferente, 
procuram Deus ou encontram Deus de muitos modos.

Nesta multidão, nesta variedade de religiões,
só há uma certeza que temos para todos:
somos todos filhos de Deus.

Budista: Creio no amor.
Judeu: Creio no amor.
Padre católico: Creio no amor.
Muçulmano: Creio no amor.

Confio em vós para difundir a minha intenção deste mês: 
"Que o diálogo sincero entre homens e mulheres de diferentes religiões produza frutos de paz e de justiça".

Confio na tua oração".

Comentário nosso

O Papa "nesta multidão, nesta variedade de religiões" diz que "só há uma certeza": "somos todos filhos de Deus". Ele não diz, "nesta variedade de religiões, só há uma certeza, a Igreja Católica é a única e fora dela não há salvação como repetiram os Papas ao longo dos séculos".

Após falarem "as diversas religiões" sobre em que crêem, o Papa diz que muitos encontram a Deus de muitos modos, o que deixa claro o pensamento do Papa sobre serem estas religiões falsas válidas para chegar até Deus.

Também é uma ofensa gravíssima a Deus o ato de colocar no final do vídeo o menino Jesus ao lado dos símbolos das falsas religiões.

Rezemos o Credo em reparação

"Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do Céu e da Terra, De todas as coisas visíveis e invisíveis. 

Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos Céus. E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria. e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos Céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em sua glória para julgar os vivos e os mortos; e o seu Reino não terá fim. 

Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas. Creio na Igreja, Una, Santa, Católica e Apostólica. Professo um só batismo para a remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e vida do mundo que há-de vir. 

Amém".

Veja mais sobre a crise na Igreja:





Clique aqui para entender a crise na Igreja
-----------------------------------------
[1] Canal "The Vatican – Português". Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=kHsfzPv7gMU&feature=share