Postura de João Paulo II em contraste com os Papados antecedentes


Um dos modos mais eficazes de levar às almas a amar a fé Católica é mostrar a beleza, nobreza, e respeitabilidade da Santa Igreja. Inculcando esta atitude de alma, conduz-se a alma à verdadeira fé, salvando-a posteriormente.

Tal meio de evangelização foi muitas vezes enfatizado pelo varão católico apostólico plenamente romano, Plinio Corrêa de Oliveira. Embora seja um método em voga bem antes na Cristandade, Dr. Plinio foi pioneiro em basear a sua vida, dentre os contra-revolucionários, na insistência de como isto permeava todas as civilizações, seus ambientes, arquiteturas, costumes, vestimentas, modos de ser, gestos, artes, cultura, etc.

De fato, os tradôs (mentalidade que, na prática, sustenta que a Tradição Católica só está purificada em seu nicho) e progressistas desconhecem tais temas, seja por espírito igualitário, seja por uma confusão que Deus os envia em razão de suas opções doutrinais injustas historicamente, ou por ser dado às próprias paixões, ou ânimo impregnado por gente de mau espírito, etc. Assim, se o "belo é o esplendor da verdade", a providência dispõe que não haja esplendor na verdade em que vivem.

Entretanto, se a concepção do cruzado católico plenamente romano foi delineada no seu livro mais famoso, "Revolução e Contra-Revolução", e mais substancialmente nos anos de 1950 na Revista Catolicismo, os contrastes feitos aqui se referem puramente à esfera espiritual ou, mais especificamente, à grandiosa instituição criada pelo Deus Encarnado, Nosso Senhor Jesus Cristo, para reger os caminhos do clero até o fim dos tempos: o Papado.

"O corpo do Papa, ereto e vigoroso apesar dos anos, dá uma impressão de ascese e firmeza, mas alguma coisa em sua pessoa, e sobretudo a fisionomia desanuviada, exprime repouso e distensão. É que o Santo está passeando em instantes de lazer. O sorriso afável, quase carinhoso, o gesto do braço que se estende, da mão que se abre, exprimem uma colhida franca e paternal. Em todos os circunstantes nota-se o efeito da presença do Pontífice: muito respeito, que não exclui uma suave e natural alegria. O lazer de um Santo nunca é porém esquecimento de seus deveres. Note-se quanto o olhar com que o Pontífice considera o visitante que o cumprimenta, é atento e penetrante. São Pio X era excelente psicólogo, e várias das pessoas que com ele falavam tinham a impressão de que lia nos seus corações."
(
Revista Catolicismo de Novembro/1954).

CONTRASTE:

Cumprimento primitivo Maori da Nova Zelândia, 1986

São Pio X posando para foto, sabendo que futuras gerações viriam sua foto Papal.
Apresenta olhar firme, sereno, lúcido.

CONTRASTE:

João Paulo II no Madison Square Garden, NY, com capacidade para mais de 20 mil pessoas

São Pio X em vestimenta que mostra o poder, realeza e seriedade do Vigário de Cristo.

CONTRASTE:

Visita do Vigário de Cristo ao Canadá, anos 80

Olhar Pontifício de muitas horas de lágrimas e penitência.
Entretanto, a firmeza na defesa de princípios eternos transparece em toda sua face.

 CONTRASTE: 

Revista de 27 de Janeiro de 1979

 

Outro Papa conversando digna e distensivamente com prelados da Santa Igreja. Ainda que flagrados pelo fotógrafo, ninguém mostra artificialidade.

CONTRASTE:

 Sua Santidade, o então Papa Reinante João Paulo II em pose para foto.


As sequências de fotos foi retirada do site Tradition In Action que, nesta matéria, discordamos em virtude de dois elementos originais daqui: ordem e apresentação. Sem deixar de notar a crucial denúncia implícita neste tema feita pelo antigo site, sabemos como sites tradô (normalmente, sedevacantistas cismáticos) usam estas e outras imagens para justificar suas posições, o que pode ser evitado com a adequada apresentação e reparação, nas quais este trabalho não se destaca, mas antes quer ser um de tantos outros fazendo o mesmo.

Oração em reparação pela falta de Sacralidade em torno de nossa vida

Deus Eterno e Santo, escutai o clamor de povo que, podendo ser levado a amá-Lo pelas Vossas obras, geme sob o jugo da feiúra, modos bárbaros, e desamparo espiritual. Elevai a dignidade do Papado à altura do vosso amor e veneração pelo Papado quando reinava São Pedro. Pelos merecimentos da Mãe de Deus, nós Vos suplicamos que nossa prece seja tão eficaz quanto àquela do Cenáculo, na vinda do Espírito Santo, e a Sacralidade na figura Papal será exaltada, com todos os gestos, tradições, pompa e noção de quão sofrida deve ser a vida do Vigário de Jesus Cristo. Que para isso meditemos o quão longe estamos do ideal que a Providência nos quer, pois enquanto deveríamos ser anjos na terra, somos mais parecidos com bestas.

----------------------------
Fontes das fotos do Papa polonês por ordem de aparição neste artigo:
The Universe, Canada, Supplement, October 23, 1988
October 3, 1979, America Media Inc., 2002
Celebrate Our Faith - The Official Chronicle of the Canadian Visit, 1984,  p. 48
Epoca, January 27, 1979
Rene Leveque, Whiteway Publications, Ltd., London

 

 Veja mais sobre a crise na Igreja:

Papa Francisco admitiu bispos comunistas indicados pelo Partido Comunista Chinês. Cardeal Zen chamou acordo de traição

Paulo VI disse se identificar com bispo que se declarava transcomunista, e contra a Tradição missionária da Igreja

Bento XVI disse amar a Igreja cismática, lamentou as excomunhões do passado, e disse crescer na unidade ao rezar junto destes e outros hereges


João Paulo II doou 200 mil US$ para construir catedral cismática, o que foi lembrado na visita do Papa Francisco à Romênia

Papa Francisco chamou a Rainha dos Céus de moça normal, uma "moça de hoje"

Clique aqui para entender a crise na Igreja