Papa Francisco nega explicitamente a Co-redenção da Virgem Maria em descontinuidade com seus antecessores

Virgem Co-Redentora,
rogai por nós!
Recomendam-se as leituras prévias: Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças. Prova pela Sagrada Escritura, Papas, liturgias tradicionais da Igreja e Santos.


Bíblia, Papas, Santos e Teólogos afirmam que Maria é Co-Redentora


No dia 24 de Março de 2021, o Sumo Pontífice Reinante explicitamente sustentou em audiência que não há Co-redenção alguma. Na mesma audiência, o Vigário de Cristo diz que a Virgem Maria (Co-redentora) "envolve todos nós; mas como Mãe, não como deusa, não como corredentora: como Mãe". Tal dilacerante notícia para a piedade mariana tradicional não surpreende quem acompanhou os ensinamentos papais mais contrastantes à Tradição sobre o tema, noticiados aqui em 2019. Como sempre, as compilações doutrinárias estão referidas no início.


"Cristo é o Mediador, Cristo é a ponte que atravessamos para nos dirigirmos ao Pai. É o único redentor, não existem co-redentores com Cristo, é único. É o mediador por excelência. É o mediador. Cada oração que elevamos a Deus é por Cristo, com Cristo e em Cristo, e realiza-se graças à sua intercessão" [1].


"Jesus estendeu a maternidade de Maria a toda a Igreja quando lhe confiou o discípulo amado, pouco antes de morrer na cruz. A partir daquele momento, fomos todos colocados debaixo do seu manto, como vemos em certos afrescos ou quadros medievais. Também na primeira antífona latina, Sub tuum praesidium confugimus, sancta Dei Genitrix: Nossa Senhora que, como Mãe a quem Jesus nos confiou, envolve todos nós; mas como Mãe, não como deusa, não como corredentora: como Mãe. É verdade que a piedade cristã sempre lhe atribui títulos bonitos, como um filho à mãe: quantas palavras bonitas um filho dirige à sua mãe, a quem ama! Mas tenhamos cuidado: as belas palavras que a Igreja e os Santos dirigem a Maria em nada diminuem a singularidade redentora de Cristo. Ele é o único Redentor. São expressões de amor, como de um filho à mãe, às vezes exageradas. Contudo, como sabemos, o amor leva-nos sempre a fazer coisas exageradas, mas com amor." [2]

Já no dia 12 de dezembro de 2019, em homilia na missa solene da festa de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira das Américas, na Basílica de São Pedro, no Vaticano, o Papa Francisco, em espanhol, negou implicitamente que Maria fosse Co-Redentora, além de rotular como "tonteras" esperas de novos dogmas sobre Nossa Senhora. A co-redenção não foi definida infalivelmente na época de Pio XII porque o então Pontífice Reinante pediu preferência de publicidade ao dogma da Assunção de Maria, que Sua Santidade proclamaria de modo solene e infalível depois.

Se Pio XII deveria ter proclamado os dois dogmas ao mesmo tempo como um ato heróico e contra-revolucionário não vem ao caso aqui, tampouco as razões teológicas que embasariam uma proclamação repentina. Vale a pena notar que, na época de Pio XII, se havia alguma questão teológica ainda pendente, não era notada conforme o espírito a seguir.

Papa Francisco:

"Fiel ao seu Mestre, que é o seu Filho, o único Redentor, jamais quis tomar para si algo do seu Filho. Jamais se apresentou como co-redentora. Não, discípula.


(...) Quando aparecem com histórias de que teria de declará-la isto ou fazer este outro dogma ou este, não nos percamos em "tonteras": Maria é mulher, é Nossa Senhora, Maria é Mãe de seu Filho e da Santa Mãe Igreja hierárquica e Maria é mestiça, mulher dos nossos povos, mas que mestiçou Deus"
[3]. 

 

 

Oração em reparação

Virgem Maria Co-Redentora, rogai por nós! (7x)

Virgem Maria Medianeira de todas as graças, rogai por nós! (7x)

Veja mais sobre a crise na Igreja:

Papa Francisco admite bispos comunistas indicados pelo Partido Comunista Chinês. Cardeal Zen chamou acordo de traição

João Paulo II homenageia o herege blâsfemo Martinho Lutero nos quinhentos anos de seu nascimento

Bento XVI diz amar a Igreja cismática, lamenta as excomunhões do passado, e diz crescer na unidade ao rezar junto destes e outros hereges 

Postura de João Paulo II em contraste com os Papados antecedentes 

Papa Francisco chamou a Rainha dos Céus de moça normal, uma "moça de hoje"

Clique para entender a crise na Igreja

-----------------------------------------------------
[1]
Grifos nossos. Link: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-03/papa-audiencia-geral-oracao-comunhao-maria-pandemia.html. Veja também: https://www.youtube.com/watch?v=x0gKpyGDZdQ
[2] Grifos nossos. Link: https://www.vatican.va/content/francesco/pt/audiences/2021/documents/papa-francesco_20210324_udienza-generale.html
[3] Grifos nossos. Link: http://w2.vatican.va/content/francesco/es/homilies/2019/documents/papa-francesco_20191212_omelia-guadalupe.html