Beato Padre Eustáquio profetiza a corrupção dos sacerdotes e da sociedade

Dom José Gaspar e Padre Eustáquio
Recomendamos também outros artigos:

N.Senhora do Bom Sucesso profetiza a crise na Igreja "calando-se quem deveria falar", o desprezo pela extrema unção e a eucaristia  

N.Senhora do Bom Sucesso prevê: corrupção sacerdotal, impureza do mundo, Castigo Mundial e Restauração por meio dela 

A vinda do Reino de Maria provada por Teologia da História, segundo o Pe. Antonio Vieira

Beata Maria de Jesus Crucificado profetiza uma apostasia nunca antes vista

Clique aqui para ler mais profecias sobre o Castigo Mundial (bagarre), Reino de Maria, corrupção dos padres, etc

Beato Padre Eustáquio van Lieshout SS.CC (1890-1943), holandês missionário no Brasil de 1925 até sua morte. Tinha fama de taumaturgo. Comentários nossos em negrito.

A religião está ameaçada tanto de fora como de dentro "mais do que nunca".

Dia do Apóstolo-Mártir São Tiago, 25 de Julho de 1941

"Jesus, na minha solidão, se fez ouvir mais do que nunca e são estas as palavras que me foram confiadas pela boca do Senhor:

“Eu vejo a minha religião ameaçada, caluniada e perseguida mais do que nunca.

Não sai mais, como no tempo medieval, a voz do erro de uma só boca, está saindo de milhares de bocas; de bocas que não sabem o que dizem, não sabem o que falam; apenas empurradas por uma força que eles não conhecem, nem procuram conhecer, gritam contra Mim, blasfemam contra Mim; uns fogem da minha companhia, outros como ramos secos ficam se agarrando ao tronco antigo que é a religião Católica, Apostólica, Romana.

E o falso poder que invade os corações, invade as almas, invade os lares, aumenta-se cada vez mais, penetra cada vez mais na intimidade da vida, até no templo em que habito.

Este é o tempo da apostasia, dos traidores e falsos doutores, dos quais a Sagrada Escritura fala. Da fé sem obras.

O poder infernal que se desencadeia nestes tempos, não em violências, nem em martírios sangrentos, tal como nos tempos antigos, mas com as palavras de Deus e de Santos nos lábios, vem se dar o beijo venenoso a todos quantos se apresentam na sua frente.

Grita-se ‘Deus’, escreve-se ‘Deus’ e nada há de Deus no coração, senão peste e veneno que, sob a falsa máscara de fé e de religião, querem espalhar-se sobre a multidão cuja fé, embora fraca, não está totalmente apagada.

É um horror como se revoltam contra Mim. E ainda falam como se fossem inspirados pelo Espírito Santo, enquanto sua inspiração não passa de uma sugestão do mau espírito que é o demônio em própria pessoa. E sob este fingimento de santidade invadem muitas almas, muitos corações e muitos lares. E depois de o mau espírito haver tomado posse destes corações, vê-se logo o estrago e o veneno que por aí derramaram.

"A perversidade torna-se o hábito natural o hábito natural das pessoas". É o tempo do amor ao Diabo. Virá, no entanto, castigos em forma de guerras.

Ó astúcia diabólica, que chegou a tal ponto que soube inclinar o ouvido do povo mais para o lado do mau espírito do que para o lado do próprio Deus!

Vê como as guerras rebentam em toda parte, como cresce cada vez mais o ódio entre os povos, vê como aumenta a falsidade nos corações, diminuindo, a olhos vistos, a fé nas almas, e os estragos espirituais que em todas as classes do povo aumentam de dia para dia.

E os mediuns que tomam o lugar dos santos, falam, escutam e enganam o próximo. E aí se vai a fé, se vai a religião, se vai a amizade com Cristo. E chegam as multidões a tomar confiança com quem não é de Cristo, e a perversidade torna-se o hábito natural destas pessoas.

E aproveitando-se das misérias humanas, lançam-se sobre as criaturas doentes que, no desespero de suas moléstias e na falsa esperança de um pequeno alívio, entregam-se de corpo e alma ao cruel demônio que não somente lhes compromete a saúde do corpo, mas o que é pior, a salvação de suas almas.

Ó mal, ó mal extremo que se arraigou nas almas de tantas e tantas pessoas!

Chegou a hora em que as guerras hão de se abrir contra tantas pragas, contra os maus espíritos que andam pelo mundo para perder as almas...

Aqui Nosso Senhor fala para o Beato e sua missão, mas podemos relacionar isto com a missão do Grande Monarca, ou o Moisés do novo testamente, segundo o Beato Palau, até porque, cremos não ser coincidência a revelação ter sido recebida no dia de São Tiago Apóstolo, representante nas Escrituras deste homem vindouro. E é por isso a invocação de S.José se faz necessário, dado que ele foi o chefe da Casa Real de Davi.

Vá, meu filho, com franqueza e liberdade em combate a este grande mal. Sê o Moisés de hoje; que livres teu povo dessa péssima escravidão!

Revoltar-se-ão contra ti, pois o dedo será posto na ferida. Mas, as curas que em meu nome operares, destruirão os fenômenos diabólicos com que obcecaram o meu bom povo.

Ao teu lado andará o meu pai nutrício, cuja proteção escolhi sobre nossa casa de Nazaré e sobre a minha Igreja, que se fundou sobre a pedra sólida e inamovível da verdade e da santidade.

Invoca a S. José com toda a confiança, invocá-lo, junto com sua Santa Esposa, Maria SS., e o mal se extinguirá e a fé se tornará de novo florescente e crescente nas almas, nos lares, nas sociedades do mundo inteiro.”

São José, rogai por nós.

Subscrito: São José, rogai por nós. – Saúde e Paz a todos – saúde ao vosso corpo, mas antes de tudo, paz a vossas almas.

Os meios que Nosso Senhor, de modo especial, me inspirou são: o ministério sacerdotal, a oração, a pregação e a visita aos doentes e a todos que sofrem.

E peço, humildemente, a todos os meus superiores eclesiásticos, religiosos e civis, para me auxiliares na minha santa missão, para que a graça de Deus venha para tantos que sofrem e tantos que se perdem.

O humilde servo em Cristo: 

Pe. Eustáquio van Lieshout, SS.CC.” [1]

--------------------------------------------------------
Fontes
[1] “Padre Eustáquio van Lieshout SS.CC.”, de autoria do Pe. Venâncio Hulselmans SS.CC., apud Helio Viana “Padre Eustáquio” Revista Catolicismo, Julho de 2006. Disponível em: http://catolicismo.com.br/materia/materia.cfm?IDmat=410FF789-3048-560B-1CE88A41D48A78C0&mes=Julho2006.