Syllabus Arautos e Mons.Clá: cambios na posição sobre missa nova e Concílio Vaticano II, tramas contra a TFP, roupa de homem em mulher, etc

Com a graça de Nossa Senhora esperamos que os Arautos do Evangelho e seu fundador Mons. João Clá Dias, assim como aqueles que possuem apreço sentimental por estes, vejam este artigo com isenção de ânimo, avaliando as fontes aqui dispostas para cada tópico salientado. De fato, é na Tradição da Igreja Católica que se encontra a verdade sobre qualquer assunto. Esta lista (Syllabus) fazemos sem nenhuma intenção além do limite do estado laical. Outras compilações:

Clique aqui para ver mais syllabus contra variados falsa-direitas




- Alegam continuidade com Plinio Corrêa de Oliveira, mas na história da Associação de Direito Pontíficio, conforme consta no site do Vaticano, não há nenhuma citação de Plinio Corrêa de Oliveira ou da TFP, associação que Dr. Plinio criou

Revista Arauta
alegou continuidade
entre Dr. Plinio e Arautos
"EP remonta aos anos de 1960s quando um grupo de jovens católicos de São Paulo, Brasil, liderados por João Scognamiglio Clá Días, Pedro Paulo de Figueiredo and Carlos Alberto Soares Corrêa costumavam encontrar-se para discutir, refletir e rezar juntos. Essa experiência, a qual continuou por diversas décadas, e incluía outras pessoas, gradualmente os levou ao desejo de alcançar a perfeição Cristã e proclamar o Evangelho. Em resposta ao apelo de João Paulo II aos fiéis leigos...

[continua em inglês: ..to set out boldly along the path of the new evangelisation, they founded the Heralds of the Gospel Association which was canonically established in 1999 by the Bishop of Campo Limpo, and within a few years spread to several other countries. On 22 February 2001 the Pontifical Council for the Laity issued a decree recognising the Heralds of the Gospel as an international association of the faithful of Pontifical Right".


http://www.vatican.va/roman_curia/pontifical_councils/laity/documents/rc_pc_laity_doc_20051114_associazioni_en.html#HERALDS%20OF%20THE%20GOSPEL 


Se há uma continuidade, por que o Vaticano não os descreve como uma continuação de Plinio Corrêa de Oliveira, ou da TFP? Rejeitar ou tolerar que rejeitem o "mestre do fundador" foi o preço para conseguir o Direito Pontifício?








- Celebração da Missa Nova, quando no passado mantinham objeção de consciência, tal como Dr. Plinio

É notória a celebração da missa nova pelos padres arautos, que às vezes colocam cantos gregorianos para disfarçar o missal que Plinio Corrêa de Oliveira afirmava ter um sabor protestante. Os membros da TFP, em consciência disso, não assistiam ao rito novo.

Ouça Dr. Plinio relatando isso e falando do estudo feito por Arnaldo Vidigal Xavier da Silveira, apoiado por toda a TFP:

https://gloria.tv/video/91ApuSaJV9Be6bS3CnRyzHHGF

Sobre o tema: Resumo do problema da missa nova segundo o tradicionalismo. Plinio Corrêa de Oliveira introduz o livro de Arnaldo Xavier da Silveira

Dr. Plinio profético contra as inovações litúrgicas desde o liturgicismo até a missa nova, recusando-a antes mesmo da promulgação








 


- Apoiam e dizem seguir o Concílio Vaticano II, mas em vida de Dr. Plinio criticavam

É notório também como os Arautos possuem uma posição favorável ao Concílio, enquanto Dr. Plinio dizia em seu magnum opus, "Revolução e Contra-Revolução", que "a obra do Concílio não pode estar escrita no Livro da Vida".

Sobre o tema: Sequência de artigos sobre documentos e atos do Concílio que rompem com a Tradição Católica

Dr. Plinio profetiza a tragédia do Concílio Vaticano II








- Faziam baderna na TFP, enquanto eram membros desta. Passavam a impressão de que a entidade era constituída por pessoas que não pensavam

É notório também como os Arautos, que antes "mostravam entusiasmo" em reuniões que Plinio Corrêa de Oliveira dava, agora mostram esse entusiasmo ao Monsenhor Clá. Os gritinhos "fenomenaaaaal", "oooooooh", "noooossa", etc, exibem um estado de espírito sem seriedade, otimista, e sem reflexão. Mas isso Dr. Plinio não deixou de comentar. A falta de radicalidade dos Arautos/Mons. Clá, mencionada acima, também é evidente, uma vez que:

Sobre o tema: Dr. Plinio prevê a perda de poder da TFP: por falta de radicalidade. Também fala do pecado imenso na TFP

Dr. Plinio prevê o desmantelamento da TFP: "São provas pelas quais é preciso passar"









- Processos e tramas contra a TFP em diversos países

É público que, após a dissidência por ideais, a maioria daqueles que viraram simpatizantes dos arautos moveram processos milionários, queixa-crime, chuva de processos, registro dos símbolos e nome da TFP para inibir a atividade dos que queriam continuar a atividade pública e civil da TFP, e processos para tomar controle de TFP's no mundo. Uma vez vitoriosos na esfera jurídica, fizeram a incubação da atividade de sempre da TFP, em prol da nova associação. O atual uso do nome publicamente, no mínimo possível, é um modo de mostrar que mantêm as atividades.

Sobre o tema: Conspiração, rebeldia e ação fagocítica na TFP pelos Arautos do Evangelho liderados por João Clá Dias









- Colocam roupa de homem em mulher quando colocam mulheres para usar um hábito de cavaleiro, criado por Dr. Plinio aos homens membros da TFP

Sabe-se que a roupa idealizada por Plinio Corrêa de Oliveira para a TFP foi copiada pelos Arautos para ser usada por sexo feminino, mudando só de cor, o que é claramente masculinização da mulher, visto a roupa ser de cavaleiro e só de homem, como se vê na capa de um livro escrito por Dr. Plinio nos anos 80, como na imagem abaixo.
Resultado de imagen para guerreiros da virgem


Em resposta a isso, defensores dos Arautos alegam que Santa Joana D'Arc usava roupa militar de homem (ver imagem abaixo).
Resultado de imagen para santa joana d'arc


Além de notarmos que a mesma ardorosa defesa da roupa de cavaleiro em mulher não é aplicada também ao uso do véu, comum na Tradição, notamos o seguinte:

S. Joana D'Arc foi chamada por Deus para tomar parte em batalhas, daí a necessidade de roupa militar, mas os Arautos sequer saem de suas casas. Santa Joana não chamou outras mulheres para se juntar a sua missão porque sabia que seu papel era único, já os Arautos aumentam suas fileiras de moças masculinizadas, alegando que espelham S Joana D'Arc. Santa Joana guiou seu exército como profeta, mas os Arautos parecem crer que Deus esqueceu de guiar o profeta (Dr. Plinio) que criou o hábito que eles usam para fazer uma versão feminina. Santa Joana era guiada por vozes do céu, as joanetes no máximo são guiadas por vozes de padres ex-tradicionalistas.






- Aceitam que a mulher atue como "ministra da Eucaristia"
 

 Sob o olhar triste de Nossa Senhora (reparem o padre lá atrás).


Se havia muita gente para pouco padre, o que faria demorar muito tempo até que todas comungassem, lembremos que o sacrilégio e irreverência com o Corpo Sagrado de Nosso Senhor Jesus Cristo tomará um tempo sem fim de quem os tenha cometido.

A Tradição Católica fala contra essa prática:
A mulher coroinha, leitora, cantora contra a Doutrina Católica. Fala a Bíblia, os Papas, Santos e teólogos




Ver também: Papas, Santos e Teólogos eram contra a comunhão na mão e ministro da Eucaristia? S. Cirilo apoiou a prática?









- Mons. João Clá e os padres arautos escandalosamente mostraram, em vídeo vazado, uma atitude desrespeitosa em relação ao Sumo Pontífice
 

Vazado em Maio de 2017, o vídeo rodou o mundo, apesar das reivindicações de direitos autorais pelo vídeo para que não estivesse público. Enquanto isso, jornais noticiaram trechos do vídeo horrível, em que os Arautos parecem sentir prazer em rir do Vigário de Cristo, assim como ouvir "profecias sobre sua morte": 

"Com o demônio não se brinca: Grupo católico Os Arautos do Evangelho está na mira do Vaticano por práticas indevidas de exorcismo
 

" (...) O motivo da sindicância: uma gravação em vídeo divulgada em reportagem do vaticanista Andrea Tornielli, do jornal La Stampa que exibe os integrantes praticando exorcismos fora das fórmulas da Igreja. Com uma hora e 19 minutos de duração, o registro exibe o fundador da organização, o monsenhor João Scognamiglio Clá Dias, de 77 anos, reunido com cerca de 60 integrantes para apresentar uma transcrição do que seria um diálogo entre um sacerdote da própria associação e o demônio.

O ponto máximo é quando o papa Francisco se torna o assunto. O pontífice, que segundo os preceitos do catolicismo, tem de ser respeitado como a maior autoridade da Igreja, se transforma em alvo de chacota no tal diálogo. “E o Vaticano?”, pergunta o sacerdote do diálogo. Resposta: “Estou na cabeça. Ele é meu. Eu mexo na cabeça. Ele faz tudo o que quero. Ele é um estúpido. Ele me serve.” Pergunta o sacerdote: “Como será a morte dele?” Diz o demônio: “Ele vai escorregar e vai cair. Vai bater a cabeça. Mas ainda falta um pouco. Vai ser no Vaticano. E virá outro papa, Rodé. E será bom [N.E: Cardeal Franc Rodé, que já elogiou os Arautos].”"

«Com o demônio não se brinca». VEJA https://veja.abril.com.br/brasil/com-o-demonio-nao-se-brinca/. Consultado em 12 de janeiro de 2020. Grifos nosssos.

No mês seguinte ao vazamento do vídeo, no dia 12 de junho de 2017, foi publicada uma carta, datada em 2 de junho de 2017, na qual Monsenhor João Clá Dias anuncia sua renúncia ao cargo de Superior Geral dos Arautos do Evangelho, ou seja, em meio a investigações do Vaticano. 

O vídeo do relato do exorcismo, popularizado por Andrea Tornielli, em um artigo publicado no jornal italiano La Stampa, mostrava vários membros dos Arautos do Evangelho, incluindo o Monsenhor Clá, ouvindo uma descrição de um "exorcismo", a qual, dentre outros relatos, "as chaves Pontifícias estavam na mão do diabo mas iam passar para as mãos" do Monsenhor.

Grifos nossos. Tornielli, Andrea (12 de junho de 2017), «Heralds of the Gospel, the founder leaves while the Vatican investigates», La Stampa, consultado em 30 de setembro de 2019. https://www.lastampa.it/vatican-insider/en/2017/06/12/news/heralds-of-the-gospel-the-founder-leaves-while-the-vatican-investigates-1.34581956


Após esses fatos, o Papa declarou um comissionariado para intervir nos Arautos do Evangelho, o qual continua até hoje com o Cardeal Assis, segundo a notícia abaixo: https://www.vaticannews.va/en/vatican-city/news/2019-09/pope-approves-commissioner-heralds-gospel.html
 

Sobre o tema, veja Dr. Plinio, na Folha de S. Paulo, dar exemplo sobre a atitude a ser seguida por um católico diante de um Papa que parece avesso à tradição: A perfeita alegria, por Plinio Corrêa de Oliveira










- Após a situação escandalosa acima, invés de pedir desculpas por ter dado ouvidos ao demônio e ter rido sobre a "futura morte" do Vigário de Cristo, Arautos publicam artigo insinuando que o jornalista que mais divulgou o vídeo podia "provocar um cisma"
 

Após a situação escandalosa acima, a cúpula da direção dos Arautos, com a provável anuência (ou ordem?) do Mons. João Clá, publica artigo em site oficial insinuando que o jornalista que divulgou o vídeo escandaloso citado acima queria provocar um cisma.

Já no título do artigo lemos: "Qual o intuito do Sr. Andrea Tornielli ao atacar os Arautos do Evangelho? Criar um cisma na Igreja?
"

Pergunta semelhante deve-se fazer sobre esse artigo: "Estariam os Arautos dispostos a defender suas teorias furadas com o cisma?"

"Qual o intuito do Sr. Andrea Tornielli ao atacar os Arautos do Evangelho? Criar um cisma na Igreja?". Consultado em 11 de agosto de 2020. São Paulo – Brasil (Sexta-feira, 16-06-2017, Gaudium Press). https://www.arautos.org/secoes/noticias/noticia/qual-o-intuito-do-sr-andrea-tornielli-ao-atacar-os-arautos-do-evangelho-criar-um-cisma-na-igreja-193280










-> CONCLUSÃO

Esta lista de atitudes e ensinamentos dos Arautos do Evangelho e seu fundador Mons. João Clá Dias contrastam com artigos que iluminam a doutrina Católica Tradicional e, portanto, deve ser suficiente para que um Arauto, ou algum simpatizante arauto veja que é a Tradição da Santa Igreja o caminho a ser seguido.

Rezemos para que os Arautos do Evangelho e seu fundador Mons. João Clá Dias, que possuem capacidade intelectual e cultura, se curvem diante de Nossa Senhora Co-Redentora, e façam assim que tantos outros se curvem também, entre os quais estaremos nós, em ação de graças por isso e pedindo perdão pelos nossos pecados.

------------------------------------